Os 10 Metais Preciosos Mais Caros do Mundo

Você provavelmente conhece alguns dos metais preciosos mais caros do mundo; Ouro e Prata estão entre os mais populares da nossa lista. Entretanto, existem muitos metais preciosos que são ainda mais valiosos, com classificações e funções que os tornam altamente custosos.

publicidade


As funções que os metais cumprem no nosso dia a dia variam de acordo com o tipo de cada um. Mas, geralmente eles podem marcar presença nas joias, nos eletrônicos, cumprir funções como proteção contra radiação e isolamento térmico, alguns deles possuem propriedades reflexivas e muito mais.

Vídeo do canal Mundo Desconhecido

Ficou curioso? Confira conosco os metais mais caros do mundo a seguir!

10- Índio

O índio é conhecido por ter o posto de metal mais macio do planeta, junto do Álcali e é um metal de pós-transição. O índio pode ser derretido em forma líquida em um ponto de fusão mais alto que o sódio e o gálio, mas apenas um pouco mais baixo do que o do lítio e do estanho. Ele pode ser identificado pelo seu símbolo, In, e seu número atômico 49.

Esse metal foi descoberto 1863 por Ferdinand Reich e Hieronymous Theodor Ritcher por meio de processos espectroscópicos. O Índio tem esse nome por causa da linha azul índigo presente no seu espectro.

Geralmente o Índio é usado na indústria de semicondutores para produtos como ligas, soldas e vedações de alto vácuo de metal macio, além de também ser usado na fabricação de telas de cristais líquidos e na formação de películas delgadas que servem como lubrificantes.

O preço do Índio varia entre 1 e 5 dólares por grama, dependendo de fatores como pureza.

9- Escândio

O escândio foi descoberto na região da Escandinávia nos anos de 1879 pela estudo espectral dos minerais euxenita e gadolinita .O crédito da descoberta foi do cientista sueco Lars Nilsson, que deu o seu nome em homenagem à Escandinávia. o Escândio pode ser identificado pelo seu símbolo, Sc, ou número atômico 21.

De cor metálica branca prateada, o escândio foi qualificado como um elemento de terras raras. Esse metal tende a ser encontrado na maioria dos depósitos de compostos de terras raras e urânio, mas só é extraído de certos minérios em algumas minas ao redor do mundo. O escândio não é um metal de tantas utilidades assim, mas normalmente é usado para aprimorar as propriedades do alumínio, lâmpadas de alto brilho e produção de equipamentos esportivos.

Um grama de acetato de escândio custa cerca de 44 dólares.

8- Prata

Esse metal é um dos que dispensa apresentações por causa da sua popularidade, sendo um dos metais mais conhecidos do mundo. Além de ser um metal de alta condutividade elétrica, condutividade térmica a Prata tem uma ótima refletividade.

Ela pode ser encontrada na crosta terrestre em sua forma elementar mais pura, como uma liga com ouro e outros metais preciosos, e em minerais como Chlorargyrite e Argentita. Entretanto, grande parte da Prata é produzida como subproduto do refino de ouro, chumbo, cobre e zinco. 

Pelo fato da Prata ser considerado um metal precioso há muito tempo, ela é usada de diversas formas, como antigamente na produção de moedas de ouro, hoje em dia é bastante utilizado também em joias de todos os tipos, e também em outros meios como painéis solares, sistemas de filtragem de água e joias.

Atualmente a prata custa por volta de 0,48 dólares por grama.

7- Rênio

O rênio é considerado um dos metais mais raros daqueles que são encontrados na crosta terrestre e tem o terceiro maior ponto de fusão e o segundo maior ponto de ebulição quando falamos de elemento estável. O rênio é identificado seu símbolo de elemento químico, Re, e número atômico 75.

Esse metal foi descoberto por volta dos anos 1908, o seu nome, vem do latim, do famoso rio Ren. É importante lembrar que o rênio foi o penúltimo elemento estável a ser encontrado, pouco antes do háfnio. Este metal precioso geralmente é usado nas superligas à base de níquel em câmaras de combustão, pás de turbinas e bicos de exaustão de motores a jato, além de também estar presente em catalisadores para o refino de petróleo e em ligas metálicas de alto desempenho, graças a sua alta resistência a temperatura.

O rênio custa por volta de 1.290 dólares por onça (oz).

6- Ósmio

O ósmio é um metal talvez pouco popular, mas geralmente é reconhecido como o mais pesado dos metais. Ele se trata de um metal de transição de tom branco-azulado no grupo da platina que pode ser encontrado como um oligoelemento em ligas e minérios de platina.

Por ser um metal muito denso geralmente ele é utilizado na produção das pontas de caneta-tinteiro e contatos elétricos. Porém esse é também um dos elementos mais raros do planeta, fator que tem relação direta com o seu preço alto.

Você deve gastar por volta de 400 dólares por onça troy, caso queira investir no Ósmio, esse preço é bem consistente desde a década de 90, mas pode dar uma variada dependendo da movimentação do mercado.

5- Irídio

O irídio é classificado como um metal de transição de tom branco-prateado e de alta rigidez, tendo reconhecimento por ser o segundo metal mais denso da Terra e também por ser o metal mais resistente à corrosão, podendo ser encontrado em grande quantidade em meteoritos e também na crosta terrestre.

Esse metal foi descoberto em 1803 pelo químico Smithson Tennant, que deu esse nome ao metal precioso em homenagem à deusa grega Íris, com a explicação de que seus sais marcantes se pareciam com todas as cores do arco-íris.

Um dos locais onde Irídio é encontrado em quantidades abundantes é na África do Sul, que costuma realizar exportações para países de todo o mundo para ser usado na produção de vários produtos, tais como relógios e bússolas, e em todas as diversas peças da indústria de automóveis.

O preço atual do Irídio se encontra em cerca de 520 dólares a onça

4- Rutênio

O rutênio é um metal de transição de raridade alta, que pertence aos Platinoides e que foi descoberto por um cientista russo chamado Karl Ernst Claus, nos anos de 1844. Você consegue identificar o rutênio pelo símbolo Ru e pelo número atômico 44.

Ele deu esse nome ao elemento por conta do do local onde ele foi descoberto, a Rússia (ruthenium) do Latim Medieval. Esse metal geralmente é achado em minérios com outros metais do grupo da platina, em regiões como as montanhas da América do Norte e do Sul. Normalmente ele é investido como catalisador e em ligas metálicas de alta resistência com platina ou paládio, em dispositivos e equipamentos eletrônicos.

Nos dias de hoje você deve pagar aproximadamente 260 dólares pela onça (oz) do rutênio.

3- Ouro

Este metal precioso dispensa apresentações, justamente por ser disparadamente o metal mais popular de todos, ele já apareceu também na nossa lista de minerais mais caros. O ouro na sua forma mais pura é um metal amarelo brilhante, denso, macio, flexível e maleável, além de ser um dos elementos químicos menos reativos da Terra.

O ouro geralmente é encontrado na sua forma pura em pepitas ou grãos em rochas, nas minas, camada mineral e depósitos aluviais. Ainda é considerado relativamente raro, e o seu preço tem ligação direta com esse fator, e tem sido frequentemente usado ao longo da história para moedas, joias, artes, catalisadores, pigmento, película refletora de radiação infravermelha, dispositivos eletrônicos entre outros usos.

A China ainda domina quando o assunto é produzir a maior quantidade de ouro, com uma estimativa de 440 toneladas por ano. Atualmente o ouro puro por grama custa por volta de 54 dólares por grama.

2- Paládio

Descoberto pelo químico inglês William Hyde Wollaston nos anos de 1803, o Paládio recebeu o nome do asteroide 2 Pallas. Esse metal pode ser identificado pelo símbolo Pd, e seu número atômico 46. Ele é incluído no grupo da platina, junto com outros metais que já apareceram aqui na lista com a platina, o ródio, o rutênio, o irídio e o ósmio, todos com propriedades químicas até que parecidas; entretanto, o paládio tem o ponto de fusão mais baixo e é o menos denso de todos.

Comumente o paládio é utilizado em conversores catalíticos, que são usados ​​para converter até 90% de todos os gases nocivos dos escapamentos de automóveis em substâncias menos agressivas. Também é usado na produção das joias mais caras do mundo, de eletrônicos, atuar no tratamento de águas subterrâneas, purificação de hidrogênio, odontologia e na medicina.

Não é atoa que o paládio é considerado um metal precioso, um único grama de paládio custa por volta de 72,13 dólares.

1- Ródio

O ródio não é tão popular quanto prata e ouro, mas esse metal precioso é extremamente raro e é descrito como um metal de transição inerte, de tom branco prateado, rígido e resistente à corrosão. Tendo o título de metal precioso mais caro do mundo. Para você ter uma ideia de quão raro e valioso o ródio é, uma tonelada da crosta terrestre contém cerca de 0,001g deste metal. O ródio tem um alto ponto de fusão e é extremamente resistente a corrosão.

O ródio também faz parte do grupo da platina e um metal nobre. Foi descoberto pela primeira vez por William Hyde Wollaston em 1803 e o seu nome do grego rhodon significa “rosa”, de um de seus compostos de cloro. Pode ser encontrado em minérios de platina ou níquel junto com outros metais preciosos do grupo da platina. 

A maior parte do ródio espalhado pelo mundo é utilizado como um dos catalisadores em um conversor de catalisador de três vias em automóveis, mas também é usado por suas propriedades reflexivas em itens como espelhos, holofotes e joias.

Nos últimos anos, seu preço aumentou surpreendentes 265% e em 2020, o preço por grama de ródio é de 260,42 dólares, o que o dá o título de metal mais caro do planeta.

Conclusão

A maior parte desses metais nem são tão populares, e grande parte deles a gente nunca nem tinha ouvido falar. Mas é de ficar surpreso pelo quanto eles estão presentes em produtos úteis para o nosso dia a dia, ainda assim, investir nesses metais individualmente pode te custar caro.

Mas e aí, conta para a gente qual preço desses metais mais chamou a sua atenção! Compartilhe o seu ponto de vista aqui nos comentários.

Atualizado em 2023-01-27 at 18:26 / Links de afiliados / Imagens da API de publicidade de produtos da Amazon

Deixe seu Comentário